Quase um ano de Au Pair – Misericórdia!

E mais um mês está quase acabando no ano de 2016, e então completo dez meses de Estados Unidos. Dez meses fora da minha zona de conforto que estava acostumada durante toda a minha vida. Dez meses longe de todas as pessoas que deixei no Brasil e que amo profundamente.

Daqui a pouco estarei completando meu primeiro ano como au pair e neste tempo todo sendo babá, aprendi não só sobre cuidados com crianças de oito anos, mas aprendi muito sobre a vida também. Ainda tenho muito chão para aprender e viver dessa longa estrada que chamados de vida. Dessa nossa passagem pelo planeta Terra.

Quem acompanha minhas redes sociais, em especial meu instagram e os posts do blog, sabe que mês passado, tirei 10 dias de férias dessa vida louca de intercambista e fui visitar o Brasil. Lá, revi quase todos àqueles que amo. Comi muito da comida brasileira que aqui sinto tanta falta, dei risada, me diverti e me cansei. Sim, me cansei, porque afinal são 14 horas de voo! 

Já estou com saudades de casa e de todos. Mas também estava com saudades de Seattle quando eu estava lá, e de todos que aqui havia deixado. Que pessoa de sorte me sinto em pensar que fiz bons relacionamentos em diferentes lugares do globo!

1

E depois desses longos e rápidos 10 meses aqui, nunca tinha caído em nenhuma home sick – que é aquele sentimento ruim, aquela bad, que ficamos deprimidos com saudades de casa. E não é que, voltando do Brasil para cá, essa tal de home sick me pegou? Mas acho que comigo o lance foi diferente. Cada vez que me sentia triste ou deprimida, não era saudades de casa que eu sentia, não era saudades do que deixei para trás. Mas até que eu entendesse esse sentimento, levou dias, semanas. Quase o mês todo de fevereiro. Ainda estou em fase de entender o que está rolando, mas o que importa é que estou me sentindo bem melhor.

A maioria das pessoas que nos veem vivendo em uma situação dessas, no exterior, com uma outra cultura e ganhando em dólares, acha que é tudo maravilha, tudo muito fácil e um mar de rosas. Mas não é não, meus queridos. O fato é que nunca uso o blog como meio de desabafo de coisas ruins. Uso esse espaço para compartilhar as coisas mais legais que vejo e que acontecem com essa minha nada mole vida. Estou fazendo esse texto todo então, para que? Para dizer para vocês que estão aí do outro lado e estão passando por maus bocados, que vocês vao conseguir sair dessa. Que a vida é cheia de surpresas no meio do caminho que ainda vão nos fazer rir disso tudo mais tarde, pode acreditar!

3

Claro que, este ano não poderia ser diferente, todo começo de ano, eu, Gessica, acabo passando por algo que mexe muito comigo e com meus pensamentos sobre a vida e de todos que me cercam, acho que isso faz parte do amadurecimento pessoal. E esse ano não ia passar em branco! Aprendi tanta coisa e mudei tanto meu modo de enxergar as coisas neste comecinho de 2016, que hoje vejo que existem tantos dramas alheios e tantos pequenos detalhes que só fazem do nosso dia e de nossas vidas, virarem um grande estress. Mas cabe a nos decidir se vamos deixar esses ‘mimimis’ atrapalharem nosso percurso. No começo, claro que é difícil separar o joio do trigo e entender o que está ocorrendo. Mas se nos tirarmos da situação e tentar entender de uma maneira vista de fora, com certeza vamos ver aquele problemão virar um probleminha.

Mais uma vez, a vida me ensinou uma lição que tento aprender durante todos esses 23 anos. Se você quer, vá lá e faça. Não espere ninguém para ser feliz e realizar seus sonhos e desejos. Não se esconda atrás de ninguém e não confie seus problemas a quem não conhece de verdade. Não espere das pessoas as atitudes que você teria com elas, nem todo mundo sabe o que é solidaredade e nem todo mundo pensa ou teve a mesma criação de valores que você teve.

2

Que venham os próximos 11 meses desse intercambio de au pair e que seja pleno e feliz!

Espero que tenham gostado!

~xoxo~

Fotos:Reprodução

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s