Não Sou Uma Dessas

Descobri um novo gosto literário, por livros autobiográficos. Acho que já falei um pouco disso no ultimo livro que li, ‘Depois de Aushwitz’, que teve post aqui no blog também. E assim que terminei o último, voei para a livraria e comprei a autobiografia de Lena Dunham, ‘Não Sou Uma Dessas’. Quem já leu?

Para quem nunca ouviu falar da Lena, ela é uma pessoa que vale a pena parar para saber um pouco a respeito de sua trajetória. Ela é atriz, roteirista e cineasta norte americana. Nascida em New York, ficou conhecida mundialmente por ser a criadora e protagonista da própria série de Tv, ‘Girls’, pela qual ganhou dois Globos de Ouro. E teve ainda mais destaque por ser, a primeira mulher premiada pelo ‘Directors Guild Award’ por ter dirigido – e ainda dirigir – uma série de comédia.

Já começo dizendo que nunca assisti a série de Lena, e quando vi o livro nas livrarias por aí, a capa foi o motivo de ter me chamado a atenção. E quando me toquei sobre o que se tratava, já coloquei em minha wishlist literária, é claro! Adoro saber mais da vida de pessoas comuns, que fizeram de sua existência, algo não tão comum assim.

lena1

Bom, neste livro, Lena nos conta vários relatos e acontecimentos pessoais que ela viveu durante toda sua vida até o presente momento. Desde sua infância, adolescência e vida adulta. Ela é absolutamente aberta para contar tudo, nos mínimos detalhes de cada situação vivida, independente de ter sido constrangedor ou não para Lena.

“Comparada a Salinger e a Woody Allen pelo New York Times como a voz de sua geração, Lena é conhecida pela polêmica que desperta e por sua forma única e excêntrica de se expressar e encarar a vida. Engajada, a autora revela suas opiniões sobre sexo, amor, solidão, carreira, dietas malucas e a luta para se impor num ambiente dominado por homens com o dobro da sua idade.”

lena3

Lena escreve tudo de uma maneira tão libertadora que em várias partes eu dei boas risadas. Alguns pontos importantes de sua história, como por exemplo como ela lidou com seu corpo quando teve sua primeira menstruação, como lida com o sexo e a morte, são características muito marcantes em Lena. E em alguns pontos, me pegava pensando… ‘como meu Deus, você consegue agir com essa leveza toda, diante deste ‘fardo’ que é as peculiaridades da vida?’

E esses detalhes e outros mais, que me fizeram enxergar – mais um vez – que a vida é cheia de pessaos que passam pelos mesmos problas que os nossos. E que muitas delas, mesmo com problemas, conseguem se destacar na multidão que habita este planeta.

Um fato que me incomodou um pouco, foi o fato de a história não ser contada de forma cronológica. Eu sempre me perco no meio de tanto detalhe gente! Principalmente quando ela conta de seus casos amorosos he he he

lena2

A diagramação e ilustração do livro é a coisa mais linda e gostosa do mundo! As páginas do livro, são todas cheias de ilustrações e desenhos fofos, que representam alguma coisa que está sendo contada naquela página. Ao abrir a página do livro, voce já se depara com uma linda ilustra, muito bem feita e leve.

Quem aí, já leu o livro da Lena? Aproveitem que é uma leitura gostosa e leve. Para esquecer dos problemas lá fora!

lena4

Comprei o meu na Saraiva e paguei um pouco mais caro do que está agora, então se joguem!

Se estão curiosos para assistir à série ‘Girls’ que é exibida pelo canal HBO, mas não tem TV à cabo em casa, assistam aqui!

hbo

Espero que tenham gostado!

~xoxo~

Fotos:Reprodução

Anúncios

6 comentários sobre “Não Sou Uma Dessas

  1. Parece um livro divertido de ler, pelo que você descreve. Eu também passei a ler biografias e autobiografias. A que estou lendo agora é incrível: Eu Sou Malala. Estou gostando dessa coisa de conhecer pessoas novas e diferentes.

    Parabéns pelo seu trabalho! Abraços…

    Curtido por 1 pessoa

    1. Sim, é um livro divertido sim, vale a pena conhecer a história da Lena! E a história da Malala sempre tive curiosidade de conhecer. voce está gostando?
      Obrigada e volte sempre ao blog! Beijo

      Curtir

      1. Estou sim, é muito emocionante o jeito que ela conta a história dela. Eu estou conhecendo muito da cultura conservadora do país onde ela vive, principalmente no tratamento que dão às mulheres, mas mesmo assim o proprio pai dela é contra tudo isso… em fim são muitas histórias boas que me leva a refletir sobre a nossa liberdade, sobre o nosso país e sobre a minha própria vida… Logo vou fazer uma rezenha com algumas frases do livro, voce vai ver o quanto é impactante.

        Curtido por 1 pessoa

      2. Só corrigindo um “pequeno grande erro” é resenha e não rezenha! kkkkkk
        Esse é o mal de escrever sempre no computador onde todas as palavras erradas aparece um sublinhado vermelho!

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s