Cinco Meses com o Tio Sam!

Heey folks! Como é que estão do lado daí? Por aqui está tudo bem, tudo sob controle!

Hoje, dia 23 de Setembro, comemoro meu quinto mês de Estados Unidos! Como assim produção? Desde quando, o tempo resolveu voar na velocidade da luz? Nem pra avisar poxa! He he he

Cinco meses. Isso foi meio que um ‘baque’, afinal estou quase na metade de um ano de intercâmbio, já aconteceu tanta coisa, que fico meio blasé. Choque total!

Parece que foi ontem que cheguei em Seattle, e encontrei minha hosta e um dos meus gêmeos no aeroporto me esperando com sorrisão! Eles foram tão fofos aquele dia e tão abertos, parecia que já os conhecia há anos.

IMG_1868
New York

O primeiro mês aqui foi super tranquilo e aí chegaram as férias de verão e só então, tive a prova real se aguentaria trabalhar como au pair! Mas depois de quase dois meses, porque só nas férias isso aconteceu? Pois bem, porque as kids ficam sem escola por três meses e as au pairs, vão à loucura! Haja paciência para quem cuida de baby que ainda não vai à escola, guerreiras!

Foi um período difícil, em que eu e minha menina, de oito anos, nos conhecemos melhor e aí ela colocou as asinhas de fora e começou a testar os meus limites. Como toda criança tem o dom de fazer! Foram duas conversas com os hosts até que, a host mom colocou os pontos nos i’s e, finalmente as coisas começaram a andar no trilho.

4 de Julho
4 de Julho

E então, o acampamento chegou, no começo de Agosto, e aí foi só alegria meu bem. Kid fora por quase um mês, e meus papais aqui em Seattle me visitando! Tempo de ser feliz e de voltar à vida, depois de ter se tornado um zumbi! He he he

IMG_4999
Papy e Mommy

Agora, em Setembro, todos de volta à escola – amém – minha vida está voltando à rotina inicial. Academia todo dia como reza o mandamento fitness, e semana que vem começo a estudar, finally!

O que posso dizer sobre esses cinco meses em Seattle com a minha host Family? Que está valendo à pena. Está valendo cada segundo perdido da minha família brasileira, cada momento que estou perdendo de ver meus sobrinhos crescendo e fazendo gracinhas. Cada festa e reunião de família em que não estou presente. Cada jantar com meus velhos em casa. A primeira balada do meu sobrinho mais velho e sua mudança de voz – que quando ouvi pelo whats app, achei que fosse seu pai! Cada aniversário da minha grande família em que não pude estar presente, cada conquista e perdas!

Saudades infinitas de todos os meus amigos do meu Brasil.

Gostaria de estar em todos estes momentos com eles, passar um tempo rindo de besteiras com minhas irmãs loucas, rir das frases e peripécias da minha afilhada. Mas de tudo isso que estou perdendo, estou ganhando outras experiências que nunca achei que fosse passar. Estou aprendendo diferentes formas de se viver a vida, de se enxergar e encarar os problemas. Além de estar tendo uma oportunidade única. And nothing last forever!

Perdendo de um lado do mundo, mas ganhando do outro. Ganhando amigos, alegrias, tristezas, experiências e aventuras. E uma família americana que me recebeu de braços abertos.

IMG_4184
Seattle, vista de Alkai Beach

Mal espero para as próximas aventuras deste próximo mês.

Espero que tenham gostado, àquele abraço.

~xoxo~

Fotos:Géssica Hernandez

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s