Louca Obsessão

Hello Everybody! Tudo bom com vocês? Eu sei que estou sumida do blog, mas é que tem acontecido tanta coisa na minha vida que eu não tinha forças nem para blogar… Mas estou de volta, com uma resenha do último livro que li. Faz um tempão que não fazia resenha aqui, então bora lá.

1

 

Disse que foi o último livro que li, mas o primeiro do autor, Stephen King. Fãs de Stephen, não me julguem por nunca ter lido nenhuma de suas obras literárias. Sempre soube que seus livros são muito famosos e vendem muito bem, mas nunca soube por onde começar, qual livro comprar primeiro. O mesmo aconteceu com a autora Meg Cabot, aí dei a louca e comecei lendo ‘Pegando Fogo’ – tem resenha no blog também!

Para quem ainda não conhece o gênero de Stephen, ele é um dos – se não o mais – autores mais renomados de mistério dos Estados Unidos. Já tem mais de 50 livros publicados, TODOS campeões de venda no mundo inteiro, sem contar que vários já viraram filmes, como por exemplo ‘A Espera de Um Milagre’, ‘O Apanhador de Sonhos’, ‘O Iluminado’ e muitos outros. Confira aqui a lista completa.

O livro ‘Under the Dome’ virou mais do que um filme, virou uma série que é feita e exibida nos Estados Unidos, e que recentemente foi exibida na Globo também.

2

Só depois de ler Misery é que descobri, que também já foi lançada a versão cinematográfica da obra. PRECISO assistir.

Mas enfim, comprei ‘Misery – Louca Obsessão’ de Stephen. Vi uma vlogueira falando muito bem e então, assim que fui à livraria – o livro estava na promoção, yey! – agarrei o livro e saí correndo pra casa – depois de pagar, é claro.

3

“Paul Sheldon é um famoso escritor que finalmente encontrou sua maior fã. Ela se chama Annie Wilkes, e é mais do que uma leitora voraz: é a enfermeira de Paul, pois cuida dos ferimentos que ele sofreu num grave acidente de carro. Mas Annie também é a carcereira de Paul, mantendo-o prisioneiro em sua casa isolada.

Agora Annie quer que Paul escreva sua obra-prima, mas só para ela. Annie tem vários métodos para incentivá-lo. Como uma agulha. Ou um machado. E, se nada funcionar, ela poderá ficar ainda mais perigosa.”

Paul é conhecido por sua série de livros, protagonizados por Misery Chastain. Mas a verdade é que Paul não aguentava mais escrever sobre Misery, precisava de novos ares e um novo conto, completamente diferente do que ele já tinha escrito até então. Foi quando ele lançou seu último livro, terminando a estória dessa protagonista que fez tanto sucesso, que ele se aventura em um novo manuscrito. Ainda cheio de ideias, decide sair para comemorar seu recomeço como escritor, apesar da forte nevasca.

Após uma ‘saideira’ Paul pega seu carro para voltar a seu apartamento, quando ele sofre um trágico acidente de carro, e fica desacordado em meio às ferragens e congelando na neve.

Annie Wilkes, sua fã número 1, está passando de carro pelo local do acidente, quando resolve parar e checar se alguém ferido se encontrava no carro, e é aí que começa a aventura e o pior pesadelo da vida de Paul.

Annie o leva para casa, e decide simplesmente forçar Paul a escrever outro final à sua querida Misery, porque Annie é assim. Se Annie não gosta, Annie não tem. Se Annie quer, Annie tem.

Ok, não vou contar mais sobre o que acontece na casa de Annie, e como Paul lida com a situação, de se recuperar do acidente e tentar escrever outro livro para a ‘pobre’ Annie.

4

Confesso que por ser um livro de suspense, mistério, como os outros desse mesmo autor, achei que fosse ficar com medinho lendo as páginas obscuras do livro. Mas na verdade não. Houveram passagens que eu até dava boas risadas com as ‘maldades’ que aconteciam. Mas também, houveram partes que parava de ler porque me sentia mal. Eu já estava meio down nesses dias em que li o livro, então preferi nem ler. Mas nos meus dias bons, lia e me divertia.

É um livro que deve se tomar cuidado, porque dependendo do seu humor, as coisas podem ficar piores, ou melhores.

Pelo que sei dos livros de Stephen, a maioria de suas obras tem enredo sobrenatural, e esse é um dos poucos que lida com a maldade humana propriamente dita, sem ser induzida por um espírito maligno ou seres de outros mundos.

Gostei bastante da história e como ela é contada, no começo eu ficava um pouco perdida mas depois tudo vai se esclarecendo.

Em algumas partes, Paul está escrevendo a estória de Misery, e o autor nos disponibiliza alguns capítulos. Primeiramente achei bem legal ler o que o personagem estava escrevendo, mas depois eu já não aguentava mais ler sobre a personagem favorita de Annie, e acabei entendendo porque Paul não suportava mais a ideia de escrever mais e mais sobre essa série.

O final achei que poderia ter sido melhor, e achei fantástico o quase final que o autor nos dá, enganando os leitores em um pequeno truque. Mas o verdadeiro final acho que poderia ter sido melhor, mas enfim, esse foi só o primeiro livro que li de Stephen, e quem venham os próximos.

Para quem se interessou e quer ver o filme, aqui vai o link – só achei dublado .-. 

Para quem quiser comprar o livro

E veja o trailer abaixo.

 

 

Espero que tenham gostado

~xoxo~

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s